Kombo Candidato

Prepare-se para a entrevista

Está nas revistas, jornais e noticiários. O mercado está aquecido e as empresas sentem na pele a falta de profissionais qualificados para tocar os negócios. No nosso dia-a-dia, quando falamos com as companhias, essa é uma reclamação constante. Outro dia fui visitar uma fábrica e o gestor daquela unidade me disse que eles estavam contratando muita gente para tentar acompanhar o crescimento. Perguntei a ele se com as turbulências recentes na economia e a possibilidade de uma recessão, a empresa não corria o risco de ter que demitir aquele pessoal. Ele disse que não, porque haviam crescido quase 20% este ano e, se tudo fosse muito mal, no próximo ano cresceriam 10%.Isso tem impacto direto no número de oportunidades para o próximo ano. Segundo Carlos Altona, diretor da empresa de recrutamento Michael Page, em 2009 as oportunidades de trabalho tendem a ser menor, mas ainda surgirão em bom número. Portanto, é importante se preparar para o caso de uma dessas vagas aparecer para você. Você sabe como se comportar em uma entrevista de emprego? Fiz algumas perguntas ao Carlos sobre o assunto.

Quais são os maiores erros cometidos durante a entrevista?

Falta de foco na apresentação de resultados numericamente mensuráveis dos principais projetos que ele(a) teve a oportunidade de participar ou liderar.

O que deve ser enfatizado?

A visão estratégica. Isso deve ser feito contando sobre as principais realizações da sua carreira. Para isso, é importante fazer uma boa auto-avaliação antes da entrevista, para que seja possível apresentar os principais diferenciais competitivos do seu perfil enquanto um “produto” no mercado.

Durante a entrevista, há algum detalhe em que vocês prestam atenção?

No nível de energia, na forma e conteúdo da apresentação do candidato, na sua capacidade de síntese e persuasão, na maneira com que se relaciona com pessoas, quer sejam subordinados, pares ou superiores.

Do que os profissionais não devem descuidar para manter uma boa empregabilidade?

Fluência em idiomas, obrigatoriamente o inglês. Manter-se sempre atualizado intelectual e academicamente. E o mais importante, não esquecer que é fundamental cultivar boas relações profissionais com colegas de trabalho ou estudo, headhunters, etc.

Fonte: site você s/a 14/10/2008