Kombo Candidato

Emprego Novo

Quando você é aprovado em um processo seletivo é tomado por grande empolgação. Afinal, começará uma nova fase profissional e aprenderá a desenvolver tarefas que lhe proporcionarão crescimento no mercado de trabalho.

keeping-a-new-job0

Porém, ao iniciar a primeira semana, a sensação, para alguns, é bem outra: a rotina diferente, as tarefas novas, os companheiros de trabalho, tudo isso parece causar uma extrema insegurança. Para se sentir melhor, você pode seguir algumas dicas.

Atenção às expectativas
O primeiro ponto é: controle suas expectativas. Quanto maior a sua ansiedade, maior a chance de se frustrar rapidamente. Neste caso, vá com calma.

Comece sua nova rotina com uma coisa em mente: caso já esteja no mercado há algum tempo, lembre-se que no início não terá, no novo emprego, o mesmo ritmo do trabalho anterior. Você ainda não conhece os procedimentos envolvidos e não está acostumado à política da empresa. Portanto, mantenha-se em equilíbrio: não se cobre demais, mas não abuse da tolerância para não cair no “marasmo”.

Mostre disposição: trata-se de um novo desafio, escolhido por você. Neste caso, deve ter pesado muito bem todas as dificuldades que poderia enfrentar. Não entre no jogo já reclamando das regras, das condições do campo. Entre mesmo para ganhar!

Discipline-se e racionalize sua energia. Isto significa utilizar o seu tempo da melhor maneira possível tanto na empresa quanto fora dela, dedicando em casa um tempo para o descanso, já que o ritmo tende a ser mais puxado no início.

Não force demais seu desempenho, fazendo muito mais do que consegue. Caso contrário, entrará na tendência de bons resultados no curto prazo, ou seja, no primeiro mês, e de total exaustão a partir do segundo. Lembre-se: existe um período de experiência!

“Resumo” da empresa
Nem sempre uma empresa conta com um programa de treinamento, principalmente se for de pequeno porte. Neste caso, o que mais seu empregador espera é que você entre no ritmo o quanto antes e agregue valor rapidamente ao grupo.

Seja atencioso com as pessoas que trabalharão com você e apure alguns pontos básicos para se sentir mais seguro: informe-se sobre os dados principais da empresa. Parece detalhe, mas não é! Separe um caderno para suas anotações: relacione nele o endereço do novo emprego (incluindo CEP), telefone, seu ramal, e-mail, número do fax e tudo mais que achar importante.

Observe ao seu redor e absorva alguns procedimentos. Um exemplo bastante simples, porém valioso, que vira motivo de alguns embaraços: como as pessoas atendem ao telefone? A ligação cai direto em seu ramal ou passa pela telefonista? As pessoas dizem simplesmente alô ou o nome da empresa, apresentando-se com uma breve saudação? Você pode considerar isto um detalhe até o seu telefone tocar pela primeira vez e você sentir vontade de se esconder embaixo da mesa!

Esteja atento à hierarquia: identifique quais são as pessoas mais envolvidas com o seu trabalho e para quem deverá prestar contas. Ouça muito e observe tudo o que puder à sua volta.

Cordialidade sempre
Assim como você, a equipe também passa por um período de adaptação quando um novo integrante chega à empresa. Tenha cuidado, principalmente se tiver sido contratado para assumir um posto de liderança. Seja cordial sempre e mostre sua disposição ao trabalho e seu interesse pelo grupo. Saiba compreendê-los e mostre interesse neste objetivo.

Não espere que as pessoas façam tudo por você. Em poucos lugares existe um tempo hábil destinado à integração de um novo funcionário. Não receie uma aproximação com seu supervisor sempre que achar necessário. Questione-o sobre os pontos que lhe parecerem ainda obscuros: clientes, ritmo de trabalho, quais as expectativas da empresa em relação a você. Cobre, de maneira educada, um feedback sempre que possível. Desta forma saberá se está ou não no caminho certo.

Em resumo, para um bom resultado, você precisará de confiança e segurança para executar suas tarefas. A melhor forma de conseguir isso é se preparar da melhor maneira possível: absorva tudo o que puder, mantenha-se no ritmo e boa sorte!

Por: Waldeli Azevedo – infomoney