Kombo Candidato

Timidez e trabalho: saiba quando ser reservado é um ponto positivo

Muito se fala que ser uma pessoa reservada pode prejudicar o sucesso na carreira de um profissional.

timidez no trabalho

Contudo, de acordo com a consultora de recrutamento e seleção da Ricardo Xavier Recursos Humanos, Gisele Andriotti Tuckmantel, em muitos casos, a característica pode ser considerada um ponto positivo.

“As pessoas mais reservadas tendem a ser mais focadas, concentradas e disciplinadas, o que é valorizado no mercado de trabalho em todas as áreas”, ressalta a consultora.

Além disso, diz ela, as pessoas tímidas, geralmente, são mais observadoras, o que evita que elas coloquem opiniões indevidas ou se manifestem em momentos inoportunos.

Cuidados

Ainda na avaliação de Gisele, profissionais que têm dificuldades para se expor costumam trabalhar em áreas mais técnicas, como as de laboratorista. Inclusive, informa, estas pessoas tendem a ter melhores desempenhos nestas áreas.

Por outro lado, o fato de alguém ser reservado não é empecilho para que a pessoa siga qualquer profissão, o cuidado, neste caso, é dosar a timidez.

“Ser uma pessoa tímida ou reservada não é necessariamente ruim. O prejudicial é quando esta característica influencia na interação com os outros ou quando a pessoa passa uma imagem de desmotivação ou desinteresse”.

Por isso, observa a consultora, é importante que as pessoas se esforcem para emitir suas opiniões nos momentos oportunos e estabeleçam vínculos com os colegas de trabalho, afastando, assim, qualquer imagem negativa que possa ser gerada por causa da timidez.

Autora: Gladys Ferraz Magalhães

Fonte: administradores.com.br

27/out Artigos
Postura Profissional
0 comentário
Esse post ainda não possui comentários.
Deixe um comentário

Os campos marcados com um asterisco * são de preenchimento obrigatório

Últimos posts
1º Feirão de Empregos em Brusque 08/09/2014 - Nenhum comentário
1º Feirão de Empregos de Blumenau 06/06/2014 - Nenhum comentário
1º Feirão de Empregos de Itajaí acontece no dia 30/04/2014 25/04/2014 - Nenhum comentário