Kombo Empresa

7 motivos para planejar agora

Fim de ano, hora de pensar em fazer o planejamento de 2009. Aqui estão sete razões, enumeradas pelo especialista John Carroll, presidente da Unlimited Performance, para ajudar você a entender a importância desta ferramenta organizacional:

1. Fique mais proativo e menos reativo – Quando você envolve-se no processo do planejamento estratégico, você é obrigado a pensar no futuro. Compare isso com pensar em uma solução quando a bomba já estourou.

2. Encare situações críticas – Sua empresa leva as tendências para 2009 a sério? Internet? Exportações? Mudanças no quadro político? Se não planejar, essas perguntas ficarão sem respostas.

3. Fortaleça o espírito de equipe – Convide toda a diretoria (se possível, a empresa inteira) para juntar-se e atacar desafios críticos para o futuro da sua empresa. Na imensa maioria dos casos, o simples fato desse processo existir já fortalecerá o espírito de equipe entre os envolvidos.

4. Crie alvos bem definidos – Outra pergunta teórica muito comum é “Como você pode atingir um alvo sem vê-lo?”. É assustador que ainda existam milhares de empresas que não repassam uma visão clara aos seus funcionários do que é ‘sucesso’ ou ‘fracasso’ – e essa definição muda de empresa para empresa.

5. Dê um ‘porquê’ – Carroll conversava recentemente com o professor de basquete do colégio onde seu filho estuda. Questionado sobre a grande diferença entre os jovens de hoje e os de 15 anos atrás, o técnico disse: “Hoje quando eu digo a um adolescente que ele tem que fazer alguma coisa, ele sempre quer saber o porquê”. O mesmo acontece na sua empresa. É essencial comunicar os motivos pelos quais esses objetivos são tão críticos. O processo do planejamento cria o ambiente ideal para compartilhar o propósito por trás dos objetivos.

6. Passe a ter uma ferramenta gerencial muito poderosa – Num mundo de mudanças e transformações cada vez mais rápidas, o demonstrativo de resultados do mês passado, tenha você tido lucro ou prejuízo, não é nenhum indicador confiável da sua chance de sucesso amanhã. Quando você consegue organizar sua equipe proativamente para tomar ações mensuráveis, de acordo com seu planejamento e visão de longo prazo, aí sim você terá mais condições de medir seu progresso de forma realista.

7. Estabeleça uma vantagem competitiva – Dá para imaginar que seus concorrentes estão dando duro para conquistar uma fatia do seu mercado. E provavelmente eles darão as desculpas de sempre para não planejar, como “não tenho tempo”. Um plano estratégico é um investimento que certamente mostrará seus resultados a médio e longo prazo.

 Fonte: Site revista liderança, 20/11/2008 

18/dez Estratégias 0 comentário
Esse post ainda não possui comentários.
Deixe um comentário

Os campos marcados com um asterisco * são de preenchimento obrigatório

Últimos posts
Calculando o custo do recrutamento e seleção 31/08/2016 - Nenhum comentário
4 motivos para não receber currículos por e-mail 21/07/2016 - Nenhum comentário
O futuro das consultorias de RH 28/06/2016 - 4 comentários