Kombo Empresa

Cheiro de liderança no ar

Há 02 dias, no dia 20 de janeiro de 2009, tomou posse o presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama. Não estou interessado no que a mídia está mostrando, sua família,… na verdade não estou nem aí para esse tipo de notícia.
O que me fascina nesse acontecimento particular… É o cheiro de liderança nova no ar. É ver de perto a volta da liderança…

Li este depoimento de um blogueiro e deixo para todos, pq de fato eu sinto muita emoção por estar vendo um verdadeiro líder atuando, pois só conhecia isso em história. Desejo de coração a Obama, muita sorte e sabedoria.
“Acho que o mundo inteiro, e não só os Estados Unidos, estava precisando de alguém que pudesse desempenhar o papel de líder. Em grande escala. Senão, vejamos quem foram os grandes líderes que tivemos nos últimos anos? Na política, não vejo ninguém que preencha todos os requisitos. Gordon Brown é arrogante, lhe falta empatia. A mesma empatia que falta a Angela Merkel. Sarkozy não dá bons exemplos. Putin tem pecado gravemente pela falta de ética. Bush, bom, nem preciso falar… lhe falta inteligência, para começar. Fora da esfera política, quem são as pessoas que inspiram multidões hoje? Na área do meio-ambiente, quem aponta claramente o caminho a ser seguido? Quem é o grande empreendedor que tem nos inspirado a inovar e a trabalhar por modelos mais sustentáveis? É até sacanagem falar disso em meio a essa crise…

Enfim, tenho certeza de que podemos elencar grandes pensadores, grandes oradores, grandes empresários e políticos, mas quantos deles têm as qualidades necessárias para liderar o mundo nos mais variados segmentos que precisam ser trabalhados no momento? Quem possui os atributos de um verdadeiro líder? Pouquíssimos, eu garanto.

Bom, mas aí aparece esse tal de Barack Obama. Vejam bem, não estou tentando fazer nenhum texto político aqui, muito pelo contrário. Até porque politicamente falando, Obama ainda é uma incógnita, embora a sua escolha de gabinete já dê uma noção do caminho a ser seguido. E os pepinos que lhe esperam depois da festa são coisa para presidente nenhum botar defeito. Mas não consigo deixar de perceber nesse cara algumas coisas diferentes, coisa de líder. A capacidade oratória e a empatia são a primeira coisa que chama a atenção. Quem lê o que ele escreve percebe também uma inteligência aguçada e uma impressão (até se prove o contrário) de moral e ética fora dos padrões aos quais estamos acostumados. Coragem e integridade também ficaram comprovados como atributos durante a campanha presidencial. A capacidade que ele tem de inspirar e mobilizar as pessoas também está estampada e documentada para quem quiser ver e ouvir.

Falta agora o histórico, o passado. Isso só o tempo lhe dará. Mas é muito bom sentir a volta do papel da liderança. O mundo todo (ou quase) deseja sorte a Obama. Que venha o líder.” Jack DelaVega

22/jan Sem categoria 0 comentário
Esse post ainda não possui comentários.
Deixe um comentário

Os campos marcados com um asterisco * são de preenchimento obrigatório

Últimos posts
Calculando o custo do recrutamento e seleção 31/08/2016 - Nenhum comentário
4 motivos para não receber currículos por e-mail 21/07/2016 - Nenhum comentário
O futuro das consultorias de RH 28/06/2016 - 4 comentários