Kombo Empresa

Como um líder deve se comportar em happy hours e aniversários?

No ambiente de trabalho, você desempenha um ótimo papel de líder: sabe delegar as tarefas de forma igualitária, tem ideias inovadoras e um bom relacionamento com todos colegas de trabalho. Mas, quando acaba o expediente, você logo imagina que terminou o seu vínculo com a equipe. Será que esta atitude é a correta? Quando um gestor deve participar dos happy hours?

De acordo com a consultora do IDORT/SP, Tânia Zarpelão, o líder precisa participar desses encontros entre sua equipe, mas ele tem que ter o cuidado de não se transformar no “arroz de festa”, ou seja, marcar presença em todas as confraternizações.

“O grupo precisa de um tempo para ficar sozinho e o gestor precisa respeitar este período. Outra conduta que o chefe precisa adotar é deixar de exercer seu cargo nos happy hours e festas da empresa. Tente não avaliar nem repudiar comportamentos da sua equipe”.

O que evitar?

Participar destes eventos requer um pouco de cuidado, afinal um comportamento inadequado pode prejudicar o seu trabalho na empresa.

“O profissional deve ter uma postura cautelosa, logo, não exagere nas doses de bebidas alcoólicas ou nas brincadeiras. Já pensou o constragimento de um líder, ao chegar no trabalho e escutar no corredor um colaborador falando das suas atitudes no dia anterior, devido à ingestão de bebidas alcoólicas?”.

Além disso, a consultora destaca que o líder precisa fugir de polêmicas. “Evite ao máximo as fofocas. Não fale da atuação de um determinado funcionário, nem comente os seus erros para seus colegas”.

Tânia revela ainda que, caso o gestor tenha se comprometido a participar do evento com os colegas de trabalho, ele precisa honrar o seu compromisso. “Dizer que vai e não comparecer é horrível. Se você disse que vai para o encontro e, por algum motivo, não poderá mais comparecer, avise com antecedência a sua mudança de planos. Assim ninguém fica te esperando”.

Aniversários

A consultora ressalta que em ocasiões de aniversários de algum membro da equipe, o líder pode não comparecer à festa, mas é fundamental que ele cumprimente o seu colaborador.

“O líder não pode ignorar o aniversário de uma pessoa que faz parte do grupo. Ele deve cumprimentá-la, se possível pessoalmente ou por telefone”, finaliza Tânia.

Fonte: www.administradores.com.br por Luana Cristina de Lima Magalhães – InfoMoney

28/abr Artigos
Liderança
0 comentário
Esse post ainda não possui comentários.
Deixe um comentário

Os campos marcados com um asterisco * são de preenchimento obrigatório

Últimos posts
Calculando o custo do recrutamento e seleção 31/08/2016 - Nenhum comentário
4 motivos para não receber currículos por e-mail 21/07/2016 - Nenhum comentário
O futuro das consultorias de RH 28/06/2016 - 4 comentários